O Dia Internacional da Pessoa com Deficiência Intelectual, celebrado nesta terça-feira (04), abre espaço para a discussão sobre a importância do cumprimento das leis de inclusão para esses indivíduos na fase adulta

No dia 4 de dezembro é celebrado o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência Intelectual, e esta data traz à tona uma discussão muito importante, a necessidade do cumprimento das leis de inclusão e acessibilidade a essas pessoas na fase adulta. Para dar ainda mais visibilidade e promover a reflexão sobre este tema, no dia 05 de dezembro (quarta-feira), às 14h50, a mestre em psicologia e diretora do CENSA Betim, Natália Costa, participará de um painel, na Câmara Municipal da cidade, com o tema: “Os desafios da escola inclusiva”.

“A pessoa com deficiência cresce, entra na adolescência, na fase adulta e depois envelhece. Mas, apesar de o nosso país ter leis bem rigorosas, como a  Lei Brasileira de Inclusão, LEI Nº 13.146, DE 6 DE JULHO DE 2015. , nós não temos a efetividade dessa legislação. Infelizmente, ainda precisamos de políticas públicas que atendam a necessidade da família que envelhece, tanto quanto dessa criança criança com deficiência que se torna um adulto e muitas vezes dependente nas atividades básicas da vida diária, como alimentação, higienização e noção de perigo. Precisamos destacar a necessidade da continuidade da intervenção por parte do poder público para essas pessoas, pois elas, e consequentemente suas famílias, vão precisar de auxílio e amparo pelo resto da vida. Muitas vezes, se acredita que fazendo a intervenção, através de equipes multidisciplinares, durante a infância, essas pessoas vão alcançar a independência. Mas o que acontece, na maior parte das vezes, é que nós conseguimos melhorar e muito a qualidade de vida, porém dependendo do grau de necessidade de apoio da pessoa com deficiência intelectual apresentar, ela vai ser dependente e demandar cuidados especiais pelo resto da vida. Então, não podemos acreditar que só as crianças precisam de tratamento e atendimento especializado, esse cuidado precisa continuar também na fase adulta”, explica Natália Costa.

Com atendimento particular, o CENSA cumpre a missão de apoiar e garantir envelhecimento digno, oferecendo conforto, qualidade de vida e acolhimento dessas pessoas que tanto precisam. Para dar o todo o suporte e orientação necessária, o local possui uma equipe transdisciplinar que conta com psiquiatra, clínico, psicólogo, enfermeiro, fisioterapeuta, pedagoga, nutricionista, farmacêutico, musicoterapeuta, professores e monitores e dispõe de três diferentes modalidades de atendimento. Os diários, que acontecem sempre de segunda à sexta, entre 08h às 17h, exceto nos dias de feriados e recessos; o atendimento Integral, com funcionamento 24 horas que engloba hospedagem por tempo indeterminado; e a hospedagem periódica, que são especificamente para os planos de finais de semana, férias ou de acordo com as necessidades.

Serviço:

CENSA BETIM

Centro Especializado Nossa Senhora D’Assumpção

Endereço: Rodovia Fernão Dias, Km 494 – S/N | Betim – MG

Telefone: (31) 3529-3500

E-mail: contato@censabetim.com.br